Concertos

Mais de 100 concertos para assistir esta semana

jambinai

O Ciclo Mundos continua em grande estilo no Teatro da Trindade INATEL em Lisboa, hoje (dia 11, às 21h30), com os sul coreanos Jambinai (na foto) e o seu pós-rock oriental, ora pesado, pujante e sombrio, ora cósmico, levitante e solarengo que une baixo, guitarra eléctrica e bateria a instrumentos tradicionais locais como arco haegeum, o sopro piri e a cítara geomungo. Regresso oportuno ao nosso país numa altura em que lançaram recentemente o álbum “A Hermitage”.  BIlhetes a 15€

Mais logo, em Vila Real, no Largo da Capela Nova, os portuenses Adducantur apresentam repertório do seu “Mosaico” (ouvir podcast Terra Pura de apresentação do disco aqui).

Em Braga, o Theatro Circo acolhe esta sexta-feira, dia 12 (às 22h) o regresso de Bombino. Um dos mais excitantes guitarristas do norte de África e dos blues eléctricos do deserto do Saara que lançou recentemente o álbum “Azel”. BIlhetes a 20€

Ali bem perto, o Quinteto de Daniel Pereira Cristo actua no mesmo dia (12 às 22h) na Feira de Artesanato de Barcelos.

Ainda a norte, o Byonritmos de Baião celebra a 11ª edição deste festival que alia a natureza às músicas e danças tradicionais. Do programa, destacam-se a música klezmer dos russos Dobranotch, os Diabo a Sete que estão a preparar novo disco, Sebastião Antunes que se mostrou há poucos dias em Sines num excelente momento de forma e os Virgem Suta que costumam pisar outro tipo de festivais.

Ao Centro, na aldeia de Cem Soldos bem perto de Tomar, celebra-se o 10º aniversário daquele que é provavelmente o festival mais eclético e abrangente de toda a música que se faz no nosso país. Seis dezenas de propostas para quatro dias.

Na Margem Sul, realiza-se a terceira edição do Sol da Caparica com um cartaz quase 100% nacional, de onde sobressai uma das novas vozes mais interessantes de Cabo Verde, Elida Almeida.

Esta sexta-feira, dia 12 (às 22h30), a Casa Mocambo (Rua do Vale de Santo António 122A, Lisboa) recebe o duo The Drowning Bride de Ana Figueiras e João Sousa que revisitam a tradição das “Murder Ballads” e do folk americano.

Ainda na sexta, dia 12 (22h), Chalo Correia com o Trio do Semba, Galiano Neto e João Mouro, apresenta AngoAfriMundialidades na Artcasa (Rua Marechal de Saldanha, Lisboa).

Walter Areia (contrabaixo) e Rafael Marques (bandolim) convidam Maria Vanedi para duas noites latinoamericanas de boleros e outros clássicos. Esta Sexta e Sábado (12 e 13 às 22h), O Centro InterculturaCidade (Tv. Convento de Jesus 16A, Lisboa).

A baiana e lisboeta Nega Jaci apresenta repertório de Chico e Elis (ouvir podcast Terra Pura de “Chico e Elis”) este sábado, 13 (às 22h) no espaço Renovar a Mouraria (Beco do Rosendo, 8 e 10, Lisboa).

Ainda no sábado (13, às 23h) a Pensão Flor volta a convidar a Orquestra do Quarto 21 para mais uma noite, no Casino da Figueira da Foz, onde irão revisitar alguns temas do seu primeiro álbum “ O Caso da Pensão flor” e apresentar o mais recente trabalho do grupo, “Sul”. (ouvir podcast Terra Pura de “Sul”)

Também este sábado (13, às 22h), o Teatro de Vila Real recebe o interessante projecto brasileiro Pitanga em Pé de Amora.

Na próxima quinta-feira, no Largo de São Gonçalo em Amarante realiza-se a primeira de quatro noites do 1º Festival de Guitarra Portuguesa com o trio de Custódio Castelo.

 

Previous ArticleNext Article

Deixar uma resposta

Bad Behavior has blocked 610 access attempts in the last 7 days.

Send this to friend