O Ciclo Mundos do Teatro da Trindade INATEL tem hoje um novo capítulo com os malianos Songhoy Blues (na foto). Os jovens músicos que viajaram no Africa Express de Damon Albarn trazem a Lisboa o dançante afro rock songhai (a mesma do malogrado Ali Farka Touré) que dinamitou o castelo de Sines no XVII FMM. Entradas a 15€.

Antes (às 19h) é inaugurado no Jardim do Arco do Cego a programação Lisboa na Rua com a big band belga de Peter Vermeersch, a Flat Earth Society. Entrada livre.

Um pouco mais tarde (22h30), o angolano Chalo Correia leva os sons do Musseque ao B.Leza em Lisboa.

O agora trio Ai! de César Prata, Suzete Marques e Tiago Pereira actuam hoje em Belmonte no Jardim Municipal.

Os Deolinda actuam hoje no Casino Estoril (23h), sábado (dia 27) em Ovar e segunda-feira (dia 29) em Porto Covo

Amanhã (dia 26, às 21h30), Gisela João inaugura o ciclo Sou do Fado no Largo do Teatro São Carlos em Lisboa. Entrada Livre.

O B.Leza (Lisboa, ao Cais do Sodré) recebe sexta-feira (dia 26) o cabo-verdiano Mirri Lobo (22h30).

No mesmo dia (às 22h), o Grupo “Os Açordas” serve musica de raíz tradicional alentejanana no Cineteatro D.João V, na Damaia, Amadora, no dia 26 de Agosto de 2016, às 22h.

No Porto, o Fado Violado participa esta sexta (dia 26 às 22h) no Verão na Casa da Casa da Música. Entrada livre.

A Casa Mocambo recebe na sexta (dia 26 às 22h) os blues do deserto do tocador de n’goni maliano Ibrahim Diakité.

Também na sexta (dia 26, às 22h) os portugueses Retimbrar estarão em Tavira, na Praça da República. No dia seguinte (sábado 27), haverá Real Combo Lisbonense. Entrada livre.

Este sábado (dia 27, às 19h), Joana Barra Vaz actua sábado dá um concerto ao Pôr do Sol na Casa da Cerca em Almada.