Discos

Disco do Dia: The Ukrainians – “Evolutsiya! 40 best and rarest 1991-2016”

the-ukrainians

ukrainians_evolutsiyaThe Ukrainians – “Evolutsiya! 40 best and rarest 1991-2016”
(2016) Eastblok Music

Na segunda metade dos anos 80, muitas das bandas de indie pop/rock e post-punk britânicas abriram-se às músicas de raiz. Pogues, The Men They Couldn’t Hang, Oyster Band, Band Of Holy Joy, Mekons, Chumbawamba, Malcolm’s Interview, We Free Kings, etc.

Na segunda metade dos anos 80, a bíblia musical britânica MNE criou a etiqueta C86 para contextualizar todo um universo de jangle pop servido por Mighty Lemon Drops, Primal Scream, Soup Dragons, Chesterfields, Pastels, Shop Assistants, Fuzzbox, Half Man Half Biscuit, Stump, Mighty Mighty e… pelos os brilhantes Wedding Present, que nos haviam de presentear um ano depois com o seminal álbum “George Best”.

Em Leeds, terra dos Sisters of Mercy, dos Mission e também dos Mekons, os Wedding Present (WP) que integravam nessa altura o guitarrista Peter Solowka de ascendência ucraniana, a partir de malhas tradicionais cossacas usadas nos ensaios para descomprimir, desenvolvem com os convidados Len Liggins (voz e violino) e Roman Remeynes (mandolim) repertório speed folk eslavo que descamba dois anos mais tarde nas famosas Ukrainian John Peel Sessions editadas num belíssimo vinilo de 10”. Este caminho alternativo bastante incentivado por John Peel (que viria a gravar três sessões ucranianas de WP) criou tensões na banda de David Ledge e, pouco tempo, depois Solowka abandonava os WP para formar com Liggins e Remeynes os Ukrainians.

“Evolutsiya!” regista em quarenta peças de estúdio (algumas ainda não haviam sido editadas) e registos ao vivo desde 1991 (como “Zavtra” que fez parte das Peel Sessions dos Wedding Present) até 2005, 25 anos de intensa actividade de uma banda que apesar de recriar música tradicional ucraniana, nunca abdicou do léxico indie, da energia das guitarras eléctricas em velocidade warp (imagem de marca dos WP dos anos 80 / 90) e de desconstruir temas simbólicos de algumas das maiores referências do pop / rock contemporâneo para os voltar a reconstruir de acordo com a linha de montagem de criação de canções dos Ukrainians. Casos de “The Queen Is Dead” dos Smiths, “Venus In Furs” dos Velvet Underground, “Ace of Spades” dos Motorhead, “Radioactivity” e “The Model” dos Kraftwerk, “Telstar” dos Tornados, “Anarchy in UK” dos Sex Pistols, e do mash up da melodia de “California Dreaming” dos Mamas & Papas com a linha rítmica de “She’s Lost Control” da Joy Division.

“Evolutsiya!” é um documento histórico de uma banda que, ao contrário, dos Wedding Present, sempre soube sobreviver enquanto colectivo e manter-se à tona da relevância musical, editado por uma boa casa berlinense: a Eastblok que já deu a conhecer à Europa Ocidental várias sessões de Balkanbeats, os russos Leningrad e os ucranianos Haydamaky.

Previous ArticleNext Article

Deixar uma resposta

Bad Behavior has blocked 405 access attempts in the last 7 days.

Send this to friend